quinta-feira, 3 de abril de 2008

Os Nibelungos de Fritz Lang






Assisti há alguns meses ao filme “Os Nibelungos”, de Fritz Lang e estou até agora impressionado. Baseado no folclore alemão e usando todos os recursos da então poderosa produtora alemã UFA, esta obra prima é dividida em duas partes,“A Morte de Siegfried” e “A Vingança de Kriemhild”. Não vou entrar aqui nos detalhes da historia desse filme, que quase quebrou a UFA, devido ao dinheiro gasto em sua grandiosa produção. O que quero dizer aqui é que para mim esse filme é um dos maiores marcos da historia do cinema. Artisticamente, influenciou cineastas posteriores, como François Trufaut, Godard, entre outros grandes. Os efeitos especiais são incrivelmente avançados para época. Juro que a cena onde ele enfrenta o Dragão me pareceu cem por cento real (tá, oitenta por cento), lembrando que o épico foi filmado em 1923. A historia é linda, realmente linda. A produção custou tanto dinheiro, que como eu disse, quase quebrou a UFA e fez com que os filmes do dito cinema expressionista alemão mudassem dos épicos para filmes que abordassem temas do cotidiano, com poucas locações, atores e figurinos. Então, se você se considera um cinéfilo e ainda não viu esse clássico do cinema mudo e expressionista, vá agora atrás. Para quem mora em São Paulo, na locadora 2001 você pode encontrar o DVD do filme.

Felipe Stefani.

4 comentários:

Tanja Krämer disse...

Eu AMO esse filme! Os cenários e os figurinos são muito legais. Há muita liberdade artística no bom sentido. Tudo muito caracterizado de um jeito interessante e original. A idéia de contar a história como os cantos do Nibelungenlied foi muito boa. A adaptação da história ficou excelente. Quase uma proeza. Há cenas impressionantes. Aquela da discussão entre Kriemhild e Brünihild na entrada da catedral é uma delas.

Já vi uma versão bem recente. Muito ruim. Acho que era de 2000 e pouquinho.

Abraços!

Dani (ela) disse...

e o Metrópolis...? continua atual, né? aliás, explica muito 'o hoje'.

:-)

Othon Faraco D'eça Neves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Othon Faraco D'eça Neves disse...

Bem lembrado...Die Nibelungen, filme muito bom! Assim como Faust, do Murnau.